share on:

Há alguns anos sentia uma vontade imensa de fazer a experiência de colocar o caroço de abacate na água e acompanhar seu crescimento e por algum motivo não seguia com a ideia. Uns meses atrás, finalmente fiz o tal do experimento. O que não imaginava era que algo aparentemente simples me ensinaria uma linda lição. Veja bem, lembrava que o abacate em água começava a dar sinais de transformação em apenas uma semana. Aguardei por uma semana e nada. Imaginei que estava equivocada e esperei mais uma semana e sabe o que aconteceu? Nada! Passaram-se meses, isso mesmo, meses e não via sinal nenhum de mudança. Quer dizer, até achei que o caroço estava um pouquinho diferente, mas a essas alturas imaginava que fosse apenas meu profundo desejo de ver algum sinal de transformação que estivesse mexendo com minha imaginação. Cerca de 3 semanas atrás, o caroço se rompeu! Fiquei tão feliz! Finalmente, meu experimento começava a despontar. Uns dias depois comecei a ver a raiz e aos poucos meu abacate dá sinais de vida. Ele estava vivo o tempo todo, mesmo quando eu não conseguia enxergar. Meu experimento não terminou. Ainda anseio pelo dia em que verei os raminhos do abacate, mas agora estou mais esperançosa e entendo que vai levar tempo!

Essa experiência com o abacate me levou a refletir sobre perseverança. A capacidade de não desistir. A vontade de desistir vai bater à nossa porta inúmeras vezes. Senti vontade de desistir da minha experiência por achar que não ia dar certo. Quem nunca sentiu vontade de desistir do curso? Quantas vezes você pensou em sair do trabalho? Quem nunca quis desistir dos seus sonhos? E quantas vezes consideramos desistir de relacionamentos prematuramente? Talvez você até tenha sentido vontade de desistir de você mesmo ao pensar: “Não consigo, então vou deixar a vida me levar…”  Assim você se deixa levar pelas circunstâncias como um mero expectador da sua própria história.

É verdade que a vida é cheia de desafios, conflitos e surpresas desagradáveis. É fato também que algumas vezes o desânimo vai querer tomar conta de nós, entretanto, não precisamos nos entregar e nem desistir, porque a graça de Deus é suficiente para nós. Como em 2 Coríntios 12.9: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim”. O Senhor nos fortalece em meio aos desafios. Amo a passagem de Isaías 40.28-31 “Será que você não sabe? Nunca ouviu falar? O Senhor é o Deus eterno, o Criador de toda a terra. Ele não se cansa nem fica exausto, sua sabedoria é insondável. Ele fortalece ao cansado e dá grande vigor ao que está sem forças. Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.”  Às vezes, a gente se sente fraco, cansado e não vê perspectiva, mas hoje te convido, a perseverar e esperar no Senhor se apropriando de sua graça. No tempo certo você verá os resultados.

No amor do Senhor,

Susie Pek – Coordenadora do Mulheres de Esperança Brasil, América Latina e Caribe