Alfabetização tem transformado a vida de cristãos butaneses

share on:

06/09/2017

A agencia missionária Portas Abertas desenvolve um programa de alfabetização de jovens e adultos no Butão. O programa está promovendo a transformação de muitas vidas. Um exemplo é o Rai, nome fictício que vamos adotar na matéria. Ele é motorista de táxi, tem 37 anos, e devido à falta de condições da família estudou apenas até a terceira série. O jovem taxista que aceitou Jesus como seu salvador em 2011, contou com alegria que pode ler a Bíblia e assim tem a oportunidade de compartilhar as boas novas com os filhos.

Ele relatou que sempre quis estudar, mas como tinha 12 irmãos, e muitas obrigações familiares, nunca sobrou dinheiro para investir em sua formação. Aprender nepalês sua língua-mãe era um sonho e agora, participando do programa de alfabetização de adultos, ele pôde realizar esse desejo. Atualmente, ela prega a palavra regularmente na igreja. Rai terminou dizendo que era limitado e impedido de falar do evangelho para outras pessoas, mas agora está envolvido no ministério de evangelização, e isso faz dele um cristão mais feliz.

Na última sexta-feira, dia 8, foi comemorado o Dia Mundial da Alfabetização. A data foi instituída em 1968 pela ONU e pela UNESCO com o objetivo de promover a alfabetização no mundo. Estima-se que ainda existem quase 800 milhões de adultos no mundo que não sabem ler, escrever ou contar. Pesquisas indicam que a alfabetização está diretamente relacionada com o desenvolvimento de um país. Segundo pesquisa realizada pelo IBGE em 2016, o Brasil tem 12 milhões e novecentos mil analfabetos. O número representa 8 por cento da população. Iniciativas como essa da Portas Abertas são fundamentais para diminuir o índice de analfabetismo no mundo.

Fonte:
Portas Abertas

 

Produção e apresentação: Daniel Beltrão
Coordenação: Renata Theodoro
Supervisão: André Castilho
Realização: Rádio Trans Mundial