share on:

Img_IconeBaixar_680px

 

13 de setembro de 2017

Leitura Bíblica: Ester 2.1-11

Elas estariam sob os cuidados de Hegai, oficial responsável pelo harém; e deveriam receber tratamento de beleza (Et 2.3b).

A estética é um dos mercados mais crescentes na atualidade. A cultura da beleza estimula pessoas a investir o máximo para atender a exigências e padrões definidos. A importância deste fator é histórica, ou seja, em diversas épocas e culturas a beleza serviu positiva e negativamente aos interesses das pessoas. Isso está explícito na história de Ester, reconhecida como alguém muito bonita e que, por sua beleza apreciada pelo rei, tornou-se rainha. Mas a história mostra um antes e um depois da apreciação da beleza desta personagem. O antes é demarcado pela história de um povo que sofreu especialmente por não cuidar da beleza espiritual, por negligenciar a vida com Deus. O depois é definido por novos cuidados estéticos com a espiritualidade deste povo, representado por Ester.

Isso serve para lembrar que os critérios de melhor aparência são definidos pelo Criador de todas as coisas belas que observamos ao nosso redor. Que a beleza possui outras esferas da vida além do cuidado com o corpo. O cuidado com a alma vai além da estética que se limita apenas ao físico. Assim, para que a vida seja realmente bela, precisamos cuidar do corpo, mas também – e prioritariamente – do coração, que deve ser belo diante de Deus. E o melhor tratamento de beleza espiritual para a vida de uma pessoa chama-se Jesus Cristo. A sabedoria bíblica diz que o coração alegre traz formosura para o rosto, mas a verdadeira alegria para o coração só pode ser encontrada por meio do tratamento que Deus aplica na vida das pessoas. Deus fez tudo belo, mas a rebeldia contra ele desfigurou a vida do ser humano, que agora precisa de Jesus para recuperar sua beleza original. Permita que Deus deixe você bonito com Jesus no seu coração. – EMM

A verdadeira beleza está no coração moldado por Deus.